Business Village

Endereço fiscal: o que é saiba porque a sua empresa precisa ter

Para abrir uma empresa, é necessário ter um endereço que seja válido para o registro da mesma. Esse endereço será usado para provar a existência física ou jurídica diante dessa empresa em questão a órgãos públicos ou privados. Esse endereço também pode ser usado para contrato social da empresa e materiais de comunicação, por exemplo.

E o que acontece é que, para muitos profissionais que não têm um endereço físico empresarial (e que não pretendem alugar um ponto especificamente para isso), isso pode ser um problema. Por isso mesmo, nesses casos, é preciso ter um endereço fiscal. Ou seja, é um endereço utilizado apenas para a abertura da empresa e que não necessariamente coincide com o local de trabalho.

Uma dúvida bastante comum, especialmente entre quem trabalha em casa, é se é possível utilizar o endereço residencial para este registro. E a verdade é que até é possível, mas caso você more de aluguel, é necessário ter aprovação do proprietário do imóvel para tal. E como as regras para aluguel de espaço comercial são diferentes, é pouco provável que ele aceite.

Como obter um endereço fiscal

Existem duas maneiras de se obter um endereço fiscal. A primeira delas é obtendo autorização do proprietário. Essa é uma solução possível e válida, mas, como comentado acima, mais difícil. Outra solução é procurar um espaço de coworking, como é o caso do Business Village. Muitos deles oferecem esse tipo de serviço. Ou seja, fornecem o endereço físico do imóvel para que você consiga fazer o registro do CNPJ, o que acaba sendo muito mais simples (e barato) do que alugar um imóvel comercial.

Leia também:

Quais as vantagens?

Caso você opte por um endereço fiscal de um coworking, você pode resolver também utilizar realmente o espaço como seu local de trabalho – o que te permite ter acesso a espaços corporativos que podem ser necessários no seu dia a dia como empresário, como salas de reunião. Esses são locais que também que favorecem ainda o networking e o surgimento de novas ideias, uma vez que reúnem diversos profissionais de empresas diferentes.

Além disso, no caso de empresas individuais ou com poucos sócios/colaboradores, trocar a possibilidade de um ponto comercial por um coworking pode representar uma economia financeira significativa. Além de mais caro, é também mais burocrático alugar um imóvel empresarial. E, claro, há também outras facilidades, como endereço para recebimento de correspondências corporativas, por exemplo.

Outra vantagem é relacionada à imagem e credibilidade que um endereço fiscal dá a uma empresa. Caso você utilize um endereço residencial no registro da sua empresa, nem sempre será possível utilizá-lo na confecção de materiais de comunicação ou mesmo para cadastro da sua empresa no Google Maps.

Já os empresários que atuem em diversas cidades, mesmo que não estejam fisicamente presentes nelas, com frequência podem utilizar um endereço fiscal em outro município apenas para facilitar a comunicação com parceiros e clientes.

Leia mais também sobre regimes de trabalho – qual se adequa melhor à sua empresa e colaboradores? CLT ou PJ?

Tags:, , , Sem Comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *